Início>Afinal, como implantar um programa de bem-estar corporativo?

Afinal, como implantar um programa de bem-estar corporativo?

Criado em: 17 de fevereiro de 2021Atualizado em: 27 de maio de 2022Categorias: Recursos humanos4 min de leitura

Na busca por reter os melhores talentos, investir em um programa de bem-estar corporativo é uma estratégia da gestão de pessoas que proporciona grandes benefícios para sua empresa e também para seus colaboradores, ou seja, é uma estratégia que cresce cada vez mais e ganha espaço nas discussões estratégicas, sobretudo no RH .

O bem-estar não apenas ajuda você a manter uma equipe mais feliz e saudável por mais tempo, como também melhora a reputação da sua marca. Isso porque equipes saudáveis se comprometem a ir além das próprias atribuições e entendem que a empresa agrega valor às suas vidas. Portanto, empenham-se em promover um trabalho de qualidade em qualquer etapa produtiva.

Melhore a sua reputação

Além disso, o bem-estar corporativo aprimora sua reputação ao mostrar que você realmente se importa com seu pessoal. Dessa forma, uma equipe altamente motivada gera reflexos no próprio relacionamento com os clientes, a ponto de eles enxergarem os valores de sua empresa por meio dos colaboradores.

Por isso, para ajudar você a implantar essa iniciativa, separamos aqui algumas dicas de ação infalíveis. Confira!

Entenda o clima organizacional por meio de pesquisas

Em primeiro lugar, entender o clima organizacional é importante para conhecer o nível de satisfação e motivação de seus funcionários, a fim de melhorar seu engajamento e, consequentemente, ampliar o desempenho e a eficiência.

Em segundo lugar, como o comportamento dos funcionários é afetado por suas percepções acerca da organização, é fundamental que os gestores as considerem de forma estratégica, visando mapear riscos e desafios. Então, nada melhor do que adotar as pesquisas de clima organizacional cujos dados revelarão informações relevantes para que você conheça melhor seus colaboradores.

Observe a estrutura e o ambiente profissional

Agora, vamos falar sobre o local de trabalho e a infraestrutura. Você garante, por exemplo, que seus colaboradores trabalhem em uma área limpa, bem organizada e com mobiliário e equipamentos adequados? Saiba que o estado do local de trabalho influencia muito a produtividade e o bem-estar.

Além disso, se o ambiente apresenta condições insalubres, com poeira, lixo espalhado e banheiros imundos, por exemplo, você pode pôr em risco a saúde dos funcionários e acabar vendo aumentar o nível de absenteísmo.

Assim sendo, uma infraestrutura ruim leva à perda de produtividade, dificultando cronogramas e entregas, além de favorecer uma diminuição da reputação da empresa, perda de lucro e assim por diante!

Aprenda como implantar um programa de bem-estar corporativo

Certamente, os programas de benefícios são um dos principais fatores para engajamento de talentos. Atrelados a outras ações, eles são responsáveis por evitar, entre outras coisas, que seus colaboradores queiram migrar para outras empresas.

Ou seja, incluir benefícios que realmente atendam às necessidades do seu pessoal é um investimento importante. Vale lembrar que esse pacote pode incluir tanto benefícios financeiros quanto vantagens como horários flexíveis, serviços de saúde, auxílio-educação, programas de recompensas (como presentes e viagens), parcerias com clubes para lazer etc.

Realize campanhas de combate à depressão e doenças ocupacionais

Todos os anos, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) registra milhares de afastamentos, o que gera prejuízos para as empresas e para o próprio órgão. No topo dos motivos está uma doença ocupacional: a dorsalgia, ou dor nas costas, com mais de 83 mil casos. No entanto, transtornos mentais e comportamentais também afetam muitos profissionais. Em anos recentes, mais de 43 mil pessoas afastaram-se dos seus empregos por episódios depressivos.

Por isso, seja para doenças físicas, seja para transtornos psíquicos, a prevenção é o melhor remédio. Realize campanhas nesse sentido em sua empresa, invista em ginástica laboral, ofereça acompanhamento psicológico (ou por meio de um profissional na empresa ou via plano de saúde), bem como crie um ambiente de trabalho saudável e humanizado, tanto em infraestrutura quanto em clima organizacional.

Preocupe-se com seus colaboradores

Por meio de um programa de bem-estar corporativo, sua empresa demonstra o quanto está preocupada com os colaboradores. Para isso, é essencial a adoção de um planejamento estratégico, de modo que essas ações sejam otimizadas e alcancem as metas esperadas. Além disso, lembre-se de que é preciso mensurar os resultados de tempos em tempos, com o objetivo de verificar os efeitos das medidas.

Quer saber mais dicas sobre gestão de recursos humanos? Então, siga-nos nas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn.

Compartilhe este artigo!

Postagens relacionadas